...Mãe

Derramando amor...

Minha gratidão é toda para a mulher que me recebeu, acolheu e acompanhou toda a minha recente jornada do “Despertar da minha Alma”. Essa mulher divina que me gerou em seu macio ventre e que me ensinou cada palavra que escrevo em meus escritos.

Sem ela, não existiria o “Brumas da Ilha”, não existiria a Bianca escritora, criativa, sonhadora, imaginativa.

Era nela que eu me perdia em contos. Um corpo voluptuoso nutrido de histórias infantis que alterava, modificava tornando a narração cheia de suspense e encantos. E a cada final, um beijo quente, vermelho, cheiroso que me fazia dormir trêmula e segura de tanto amor.

Medo nunca existiu na minha vida. Nunca poderia imaginar um mundo sem amor, tamanho foi o tanto que ela me deu.

Que bênçãos foram as minhas para que eu pudesse ter escolhido essa Mãe perfeita para mim!

Agradeço por ela ter acolhido essa minha escolha.

“Mãe é a personificação de Deus/Deusa na Terra. É o Amor literal da Fonte Divina por nós.”

Agradeço, agradeço, agradeço.

Que assim seja.

SOHA


Feliz dia das Mães